sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

CAMISETAS - COLEÇÃO PRESIDENTE CAVEIRA


Coleção - Presidente Caveira 

O Studio Arte1 Apresenta sua nova coleção cheia de atitude e criatividade um verdadeiro retrato do nosso cotidiano político e social, Camisetas 100% Algodão nas cores branca e amarela. Você pode adquirir pelo site: http://www.studioarte1.com.br/




















terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Grump, o Feiticeiro Trapalhão



Grump, o Feiticeiro Trapalhão (Here Comes the Grump/1969) 
Numa outra dimensão, o maldoso feiticeiro Rabugento (Grump, no original) lançou a "maldição da melancolia" sobre o reino da bela Princesa Aurora, a fim de conquistá-lo. Para desfazer a maldição, a Princesa convoca a ajuda de um jovem do mundo normal, chamado Terry Dexter. A missão é ir até a Terra das Mil Cavernas e encontrar a Gruta das Orquídeas Assobiadeiras. Nela estará a Chave-de-Cristal que pode quebrar o feitiço. Viajam em um veículo misto de balão e carro e são acompanhados por Beep, uma criatura de corpo vermelho com várias manchas psicodélicas. Seu nariz tem vida própria no momento em que fareja algo.
Mas são grandes as dificuldades para o trio alcançar a Chave-de-Cristal, pois são perseguidos implacavelmente pelo próprio Rabugento, que voa em cima de Ringo, um dragão verde que mais atrapalha do que ajuda. Além de ser idiota e imbecil, como o próprio Rabugento o chama, Ringo sofre de uma alergia e está sempre espirrando e queimando seu dono, frustrando assim os maléficos planos de Rabugento.
A Princesa Aurora, Terry e Beep acabam passando por terras habitadas por seres estranhos e exóticos, como os Homens-de-Neve, o Povo-Relógio e o Povo-Cheesburger. Destaque para o visual psicodélico do desenho. 
Nota: todos os nomes dos personagens citados são referentes à primeira dublagem da série, pois uma segunda foi gravada durante os anos 90 e os nomes foram mantidos no original em inglês.
Fonte: http://eternosdesenhoseseriesantigas.webnode.com.br/desenhos-antigos/

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

MAFALDA 50 ANOS DE ATITUDE.

A garotinha Mafalda completa 50 anos de tirinhas inconformistas, e seu espírito rebelde nunca esteve mais em voga num mundo em convulsão. “Muitas das coisas que ela questionava ainda não foram resolvidas”, sintetiza o cartunista Joaquín Salvador Lavado, o Quino, que deu vida a ela de 1964 a 1973.
 A cada ano, cerca de 200 mil ilustradores, roteiristas, editores e apaixonados pelas histórias em quadrinho reúnem-se na aprazível cidade para celebrar o gênero. Nesta edição, foi possível visitar uma réplica do apartamento em que vivia Mafalda e da sala de aula em que ela lançava suas frases que pulsavam sinceridade. Também estavam por lá seus companheiros Manolito, Felipe, Susanita e Miguelito.
A data foi celebrada nesta edição do Festival Internacional de Angoulême, o mais importante evento do mundo dos quadrinhos. “Às vezes me surpreendo com o fato de algumas tiras feitas há mais de 40 anos ainda serem aplicáveis hoje”, explica o autor, de 81 anos, que se recusou a viajar para o evento por questões de saúde. Aliada a essa recriação do mundo, que reflete a classe média progressista argentina dos anos 1960, a organização reuniu ainda tiras originais, reproduções e materiais que serviram de inspiração ao desenhista da célebre menina de seis anos que usa um laço na cabeça e detesta sopa. “O que me surpreende é ver que minha obra se desenvolveu desde sua publicação até o dia de hoje, e que boa parte dos temas, para não dizer todos, continua atual e compreensível”, explica o ilustrador. Uma garota idealista e sincera, Mafalda nunca calou-se diante da inquietude que lhe causava um mundo adulto que não lhe oferecia respostas satisfatórias, algo que persiste até o século 21. E, mesmo que seja só uma tirinha, como insiste seu criador, traduz matizes da personalidade daquele que a fez. Quino sempre se autodefiniu como um “pessimista” que manteve sempre viva a “ilusão de que sua obra servia para mudar algo.”
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/arte-e-lazer,personagem-mafalda-chega-aos-50-sagaz-e-atual,1126309,0.htm
Criador e Criatura (Mafalda e Quino)